O cartão cidadão é um cartão magnético da Caixa Econômica Federal que permite efetuar saques e obter informações de benefícios trabalhistas  que todos têm direito como abono salarial, rendimentos do PIS e seguro-desemprego.

Qualquer pessoa que possua cadastramento no PIS/PASEP ou no Número de Inscrição do Trabalhador e possua os dados cadastrais e endereços atualizados e validados pela Caixa Econômica. Só não terá direito a pessoa que for cadastrada no Bolsa Família porque possui a mesma função.

É um cartão pessoal e intransferível com senha que terá que ser cadastrada em uma das agências da Caixa Econômica Federal.

Esqueci a senha do cartão cidadão, o que fazer?

Caso a senha tenha sido esquecida, é necessário dirigir-se ao banco Caixa. A recuperação não pode ser feita apenas numa agência da caixa.

O trabalhador deve se dirigir ao atendimento do banco, e alegar “esqueci a senha do cartão cidadão” portando os seguintes documentos para efetuar a recuperação do código de acesso:

  • Cartão Cidadão;
  • Documento de Identidade (RG, CNH, CTPS, etc);
  • CPF

Como Solicitar Cartão Cidadão Online

O Cartão Cidadão é gerado por solicitação do cidadão, nas Agências da Caixa ou pelo Canal Caixa Cidadão: 0800 726 0207. Não há como adquirir o cartão cidadão online por questões de segurança.

Na agência é necessário apresentar:

  • Carteira de Habilitação modelo novo
  • Carteira de Identidade
  • CTPS
  • Certidão Civil

O prazo para você receber o seu cartão em sua residência é de 15 dias e caso isso não ocorra você tem que ir a uma agência bancária.

Não possui taxa para fazer o cartão cidadão, ele é totalmente gratuito e pode ser solicitado com facilidade na agência da Caixa Econômica Federal.

Após receber o seu cartão cidadão você terá que voltar a uma agência da Caixa para cadastrar a senha que proporciona ao cidadão o acesso ao pagamento e todas informações sociais administrados pela Caixa, de forma automatizada, por meio de diversos pontos de atendimento, terminais de autoatendimento, casas lotéricas, correspondentes Caixa e Agências da Caixa.

Como usar o Cartão Cidadão Online

O cartão cidadão pode ser utilizado em diversas oportunidades, tais como:

  • Receber se tiver direito, benefícios referentes aos programas de transferência de renda (Bolsa Família, Bolsa Escola, por exemplo), abono salarial, rendimentos do PIS e seguro-desemprego;
  • Consultar saldo e extrato dos recursos do FGTS.
  • Consultar saldo e extrato do FGTS, bem como saldo de quotas do PIS
  • Efetuar saque da conta vinculada ao FGTS

Se você ainda não possui o seu peça pelo telefone acima ou dirija-se a uma agência da Caixa Econômica Federal mais próxima porque com o cartão cidadão você facilita muitas transações que podem ser demoradas.

Separe os documentos que citamos acima como necessários e peça já o seu cartão cidadão, é um direito seu.

Você pode acessar o site oficial da Caixa para obter maiores informações e tirar todas as suas dúvidas. Este é mais um serviço da Caixa Econômica Federal para auxiliar a população em todos os sentidos. Não perca tempo e garanta seus direitos de trabalhador.

Compartilhe com seus amigos para que eles também saibam tudo sobre o cartão cidadão e seus benefícios para o trabalhador.

O cartão permite que o cidadão recebam informações do FGTS e PIS. Promovidos pela Caixa, os cartões podem ser usados em comércios com parceria com o banco, como terminais de auto atendimento ou lotéricas.

O cartão traz informações para o cliente sobre o PIS, FGTS, Seguro Desemprego e Abono Salarial. O cartão é feito no próprio site da Caixa, no telefone de contato ou nos bancos próximos.

www.caixa.gov.br
0800-726-0101

O cartão do cidadão nada mais é do que um cartão magnético que oferece a possibilidade de recebimento dos benefícios que são pagos pelo Governo Federal através da Caixa.

Os profissionais que forem portadores do cartão poderão através dele receber benefícios diversos como o seguro desemprego, pis e até mesmo o FGTS dependendo é claro do valor que será pago. Este cartão poderá ser utilizado nos vários terminais de atendimento da Caixa e também nas casas lotéricas.

Para que se possa ter acesso ao benefício do Cartão do Cidadão é necessário que se tenha a inscrição no PIS/PASEP, ou ainda o chamado Número de Inscrição do Trabalhador (NIT). Com isto todas as informações cadastrais e também todos os endereços deverão estar atualizados e ainda válidos de acordo com a Caixa.

Para que possa se fazer o cartão os profissionais deverão procurar uma agência da Caixa realizando o preenchimento de um cadastro. Outra alternativa quer é interessante é entrar em contato com a central de atendimento das instituições financeiras que possuem um telefone de contato 08007260101.

No site será necessário que aconteça uma identificação e ele deverá solicitar alguns dados. Nas agências caso você não possua cartão é possível se solicitar através da chamada Carteira Funcional ou mesmo CTPS; Identidade Militar; Carteira de Identidade de Estrangeiros ou Passaporte.

Em todo o processo de emissão é preciso que se cadastre uma senha pessoal que deverá habilitar o cartão. Em até 15 dias úteis o cartão deverá ser encaminhado para a sua residência e você poderá ter acesso a todas as informações referentes a conta também no site. Não existe a necessidade de se realizar um desbloqueio do cartão, apesar disto se tiver algum problema específico ou esquecer a mesma deverá ir até uma agência da Caixa para uqe possa fazer o resgate da mesma.

Solicitar Cartão

No Rio de Janeiro os cidadãos usam um cartão chamado RioCard, que facilita a vida no transporte público, utilizado em ônibus e metrôs. O cartão oferece uma facilidade no pagamento, além de agilizar o embarque dos passageiros.

Saiba que qualquer visitante, morador ou turista pode adquirir um cartão Riocard, podendo usar a vontade, lembrando que suas viagens têm limitação, devido ao credito inserido, então quando próximo do fim é necessário abastecê-lo.

Para evitar essa limitação é importante acompanhar a consulta do saldo, assim você não é pego de surpresa durante suas viagens, a recarga poderá ser feita pela internet ou em pontos autorizados.

RioCard Saldo – Consulta Online

Se você já tem um cartão desses, veja como é simples a consulta de saldo, ainda permite que acompanhe o consumo e controle os gastos, então vamos ao passo a passo:

  1. Entre no site da empresa: www.cartaoriocard.com.br
  1. No menu principal clique em “para você”, irá abrir uma nova janela.
  1. Há uma opção a esquerda de login, clique neste item e abrirá uma próxima janela.
  1. Preencha o campo Login com o seu nome de usuário cadastrado
  1. Complete com a senha escolhida.
  1. Após a senha, é solicitado que preencha o campo com a informação da imagem exibida
  1. Quando concluído tudo, clique em entrar.
  1. Na sua área de usuário, acesse o menu
  1. Dentro deste menu, aparecerá outros itens, escolha a opção consulta e alterações.
  1. Depois será exibido a tela com os usuários com o cartão.
  1. Na listagem, tem uma figura como se fosse um lápis ou caneta, na coluna Extrato BUE, clique no item para ter acesso ao extrato completo do bilhete único.

RioCard – Como Funciona?

O cartão Riocard faz parte de um sistema integrado de transporte coletivo, na cidade do Rio de Janeiro, a tecnologia implementada, facilita a vida dos passageiros e ainda otimiza tempo no embarque, já que é simples o seu uso, o Riocard funciona a base de radiofrequência, sem que haja contato direto com o leitor, assim faz com que o cidadão embarque facilmente.

O embarque é rápido, basta aproximar o Riocard do leitor, e pronto já aparecerá a informação de acesso liberado. Dentro de cada ônibus ou estação de metrô possui esse leitor, outra facilidade é que também é aceito em barcas.

O RioCard realmente é uma facilidade para quem depende de transporte público, pois é fácil de pagar qualquer passagem com este cartão em qualquer transporte, evitando que ande com dinheiro e problemas com troco.

Com esse artigo de como consultar o seu RioCard pela internet, ficará ainda mais fácil o transporte, acompanhando o consumo evitando transtornos nos embarques.

Se você ainda não tem um RioCard, fique tranquilo, temos também dicas de como fazer o cartão, assim você não precisa andar com tanto dinheiro.

RioCard – Como Solicitar?

O RioCard é um cartão integrado de passagens de transporte público que oferece comodidade e segurança pra quem precisa ir e vir, para trabalho, passeio.

Fazer um RioCard é simples, rápido e fácil, basta procura um ponto de venda espalhado por toda a cidade do Rio de Janeiro, faça o pedido da quantidade de passagens que de inserir, após isso pague pela quantidade solicitada e pronto só iniciar o passeio.

Na impossibilidade de comparecer no ponto de venda, você tem outra facilidade que é solicitar o vale transporte RioCard pela internet, o cartão chegará no endereço cadastrado, dentro de até sete dias uteis, contando a partir do pagamento das taxas.

Lembrando que é sempre bom ter alguém na residência para receber a correspondência, isso evita o extravio ou retornou ao remetente.

O RioCard proporciona facilidades ao cidadão e ao turista, com tamanha praticidade, oferecendo vários pontos de recarga, além de também poder recarregar pela internet, basta acessar o mesmo portal e informar a quantidade de passagens e em seguida pagar o boleto, depois de 24 a 48h o valor já estará creditado em seu cartão.

Gratuidade do RioCard

Apesar de tantos benefícios, ainda é possível obter o RioCard com uso gratuito das passagens, isso mesmo, é possível obter o vale transporte sem qualquer custo de emissão ou de passagens, mas é necessário ficar atento aos requisitos, veja quem pode receber a gratuidade:

  • Universitários: é necessário apresentar uma relação de documentos, para saber quais são, Clique aqui
  • Pessoas com deficiência físico, auditivo, visual ou mental
  • Doentes crônicos que estejam em tratamento médico ou medicamentoso, que na ausência do tratamento cause risco a vida, maiores informações clique aqui
  • Quem tem a partir de 65 anos de idade, também pode receber o RioCard

Um sistema pensado no benefício de quem usa o transporte público, que simplifica o direito de ir e vir dos contribuintes do município.

 

Se você ainda tem duvidas sobre o Riocard, registre aqui nos comentários, faremos uma busca para poder responde-la, você também pode compartilhar essas informações com seus amigos nas redes sociais e juntos ficarem sabendo tudo sobre o RioCard.

O cartão RIOCard funciona como um vale transporte na cidade do Rio de Janeiro. É usado principalmente por estudantes e idosos. Ele é carregado com um saldo fixo e mensal e que pode ser usado ao longo dos dias.

O Vale Transporte já é usado pelas pessoas há alguns anos desde sua criação. Foi criado para facilitar o transporte publico como ônibus. É usado por milhares de pessoas em toda a cidade carioca.

 

Cartão RioCard: Consultar Saldo

Você pode consultar informações sobre o cartão Riocard através da internet. Uma das coisas mais procuradas e pesquisadas pelos usuários do Vale transporte é o saldo que ainda resta.

Se é isso o que você procura, acesse o site:

http://www.cartaoriocard.com.br/vt/visitante/consultas/MostrarRecargasCartoes.do

Basta informar o número do cartão e obter o seu saldo atual.

Tira-Dúvidas sobre o cartão RioCard

O site oficial do cartão, possui uma seção específica para tirar dúvidas dos consumidores, acesse neste link.

Solicitar cartão

pagamentos de cartão

mPOS D150

Um dos modelos de máquinas de cartões mais vendidas do mercado, a mPOS Modelo D150 vem se tornando a queridinha das empresas de soluções em pagamentos brasileiras.

A D150 é fornecida pela Pax do Brasil, que é uma das maiores fornecedoras de POS e mPOS do mundo e tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil, tanto que montou uma fábrica aqui na Zona Franca de Manaus para atender a demanda local.

PagSeguro

A empresa já tinha a Moderninha ProModerninha Wi-fi, o leitor Mini e o Leitor de Crédito. Lançou neste ano a D150 com o nome de Minizinha PagSeguro. O sucesso do lançamento foi imediato e trouxe mais visibilidade e acessibilidade a sua linha de máquinas de cartões.
preço da Minizinha desde seu lançamento é 12 vezes de R$9,90 ou R$118,80 e pode ser paga parcelada em 12 parcelas sem juros no cartão. Quem a compra recebe grátis um cartão pré-pago internacional Mastercard que pode ser usado para repassar os valores das vendas feitas no produto.

MercadoPago

Mercado Pago já tinha dois modelos de máquinas de cartões – Point I e Point H – e lançou a Point Mini para compor a sua lista de máquinas de cartões.

Point Mini é a máquina de cartões mais barata da empresa a junto com a Minizinha da PagSeguro, são as únicas do mercado que funcionam em Android (Google) e iOS (Apple).

Com três anos de garantia, o equipamento veio com oferta agressiva no mercado ao preço cheio de R$118,80 que pode ser pago à vista no boleto ou parcelado em 12 de R$9,90.

Se o cliente estiver buscando pagar menos ainda, a Mercado Pago oferece cupons de desconto  com o qual o cliente consegue abater R$50 reais do valor final direto no carrinho de comprar e pagar apenas R$68,80 ou parcelar em 12 de R$5,73 sem juros. Use este cupom de desconto VXYSU para pagar menos.

Mais empresas que aceitam a D150, acesse o site Pagamentos Móveis

O Uber já tem um espaço garantido no seu smartphone, mas agora quer também espaço na sua carteira. O aplicativo de transporte compartilhado lançou um cartão de crédito sem cobrança de anuidade, em parceria com o Barclays, nos Estados Unidos.

O Uber Visa Card vai funcionar com um programa de fidelidade e dará 4% de volta de cada dólar gasto em comida e 2% de cada dólar pago em compras on-line e assinaturas. Além disso, os clientes poderão juntar pontos que podem ser trocados por corridas de Uber.

A troca de pontos por passagens aéreas, no entanto, só será possível em 2018.

Se você usa cartão de crédito, seu banco quase certamente traçou seu perfil de consumo — isso não é muita surpresa. Ele sabe quanto você gasta por mês, em quais tipos de estabelecimentos, e com qual frequência.

Esses dados são bastante valiosos, e podem render um dinheiro adicional para o banco se forem vendidos para outras empresas. No entanto, após uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, isso ficará um pouco mais difícil.

O STJ se posicionou contra uma cláusula que permite o compartilhamento de dados do consumidor, como hábitos de consumo. Ela era incluída nos contratos de cartão de crédito do HSBC, e deverá ser removida.

O processo, aberto pela Associação Nacional de Defesa da Cidadania e do Consumidor (Anadec), abre um precedente para contratos de banco em todo o país. Para o tribunal, a cláusula é ilegal e abusiva, impedindo o cliente de decidir o que o banco pode fazer com seus dados cadastrais.

“A partir da exposição de dados de sua vida financeira, abre-se um leque gigantesco para intromissões diversas na vida do consumidor. Conhece-se seus hábitos, monitora-se sua maneira de viver e a forma com que seu dinheiro é gasto”, escreve o relator do caso, ministro Luis Felipe Salomão.

O HSBC alegou que a cláusula não é abusiva por ser norteada pela boa-fé. No entanto, Salomão lembra que o artigo 122 do Código Civil proíbe cláusulas que sujeitem um contrato “ao puro arbítrio de uma das partes”.

Ele considera problemático que, para adquirir um cartão de crédito, seja impossível recusar o compartilhamento de dados, já que isso faz parte do contrato padrão. Para o STJ, a cláusula fere os princípios da transparência e da confiança.

O HSBC — cujas operações brasileiras foram adquiridas pelo Bradesco — terá que pagar multa diária de R$ 1.000 caso não remova essa condição dos contratos.

Salomão nota que isso não impede os bancos de compartilhar dados ao SPC e Serasa: segundo a Lei Complementar 105, não é violação ao sigilo fornecer dados sobre devedores inadimplentes a entidades de proteção ao crédito.

Com informações: Jota.infoEstadão.

pagamentos digitais

A Conferência das Nações Unidas Sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) divulgou um estudo sobre as mudanças que a tecnologia deve trazer à economia global nos próximos anos. Segundo o documento, formas digitais de pagamento, como PayPal, Apple Pay e Samsung Pay, superarão cartões de crédito em 2019 para pagar compras feitas pela internet.

De acordo com o estudo, atualmente mais da metade dos pagamentos de compras feitas em e-commerce é paga com cartões de crédito ou débito. No entanto, a organização estima que essa porcentagem se reduzirá a 46% em 2019. Isso deve acontecer por causa de um aumento no uso de sistemas de carteiras virtuais (como o PayPal) e de pagamentos pelo celular (como o Apple Pay e o Samsung Pay).Continuar lendo

PayPal Holdings está recorrendo a seu velho inimigo, o cartão, para ajudar em sua expansão fora do mundo digital.

A empresa de pagamentos on-line está lançando um cartão de crédito que oferece aos clientes 2 por cento de desconto em compras — um dos maiores do setor –, sem anualidade. As recompensas aparecerão na carteira virtual dos usuários e poderão ser gastas imediatamente em outras compras efetuadas com PayPal ou transferidas para um banco.

A iniciativa faz parte do esforço do CEO Dan Schulman para transformar o PayPal, hoje um botão de pagamento em websites, em uma ferramenta financeira versátil para uso cotidiano, até mesmo em lojas físicas.

Ele fechou 24 acordos nos últimos 18 meses com empresas financeiras e de tecnologia, como Apple, Visa e JPMorgan Chase, com o objetivo de tornar o PayPal onipresente na vida de seus 210 milhões de clientes. A empresa já testou o cartão com alguns deles.

“Eles não estão apenas nos usando para fazer compras fora do PayPal, no mundo físico, também estão comprando mais no PayPal com este cartão”, disse Darrell Esch, diretor comercial de crédito global da empresa com sede em San José, na Califórnia. Alguns clientes começaram a verificar o saldo de suas carteiras digitais com mais frequência, o que gera ainda mais compras on-line.

No fim de junho, antes do lançamento integral do cartão, as transações por conta no PayPal haviam aumentado 10 por cento, para 32,3, durante os 12 meses anteriores, segundo comunicado da empresa.

Devolução de dinheiro

Entre os atrativos dos cartões de crédito, a devolução de dinheiro continua sendo a preferida. Quase 70 por cento dos consumidores afirmam que seus cartões de recompensas favoritos oferecem esses descontos, segundo pesquisa de junho da processadora de cartões Total System Services.

A entrada do PayPal pode ser um desafio para o Citigroup, que oferece o popular cartão Double Cash com devolução de 1 por cento os consumidores realizam uma compra e outro 1 por cento quando pagam a conta.

O PayPal está trabalhando com a Synchrony Financial, a maior emissora de cartões de crédito de marca própria, em seu produto.

“Você verá um foco maior nos esforços de reembolso”, disse Curtis Howse, vice-presidente sênior do grupo de clientes diversificados da Synchrony. O truque é manter a simplicidade, disse ele. “Isso é algo que temos conseguido fazer — como um primeiro passo — com essa parceria.”

EXAME

A Justiça do Rio determinou a suspensão em todo o país da comercialização do cartão de crédito Santander Free, por descumprimento de oferta. A medida se deve a uma ação coletiva movida pela associação de consumidores Proteste em junho de 2016.

Na época, a associação reuniu centenas de assinaturas de clientes do banco que foram surpreendidos pela alteração nas regras para utilização do cartão, quanto ao pagamento de anuidade. Isso porque o Santander passou a exigir, em maio do ano passado, que os clientes gastassem no mínimo 100 reais por mês no crédito para continuar isentos da taxa.

Inicialmente, os usuários do cartão precisavam apenas fazer uma operação por mês na modalidade crédito para ficar livres da anuidade. A partir de maio de 2016, todo mês em que não houvesse 100 reais de gasto no crédito, o banco passou a cobrar um valor proporcional à anuidade, que totalizava aproximadamente 270 reais.

Segundo a Proteste, “essa prática do Santander é um grave desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, pois não cumpre o que é prometido na oferta, contrariando o próprio nome do cartão: free. Portanto, configura publicidade enganosa.”

Os argumentos da associação foram aceitos pela juíza Maria Christina Berardo Rucker, que concedeu uma liminar determinando a suspensão de novas contratações do cartão Santander Free. Além disso, a juíza determinou que o Santander deixe de cobrar anuidade dos consumidores que já possuem o cartão, sob pena de multa diária de 50 mil reais.

O banco ainda pode recorrer da decisão. Procurado por EXAME, o Santander ainda não se posicionou sobre a determinação da Justiça.

EXAME

Uma invenção brasileira criada na década de 1990 já é responsável por mais da metade das compras feitas no cartão de crédito. Criado para substituir os cheques pré-datados, o parcelamento no cartão caiu no gosto de clientes e lojistas brasileiros e a operação responde por mais da metade do valor faturado pela indústria de cartões de crédito no Brasil. Pesquisa anual do Banco Central revela que, em 50,7% das compras feitas no último trimestre de 2016, clientes optaram por parcelar em pelo menos duas vezes no cartão.Continuar lendo