Cartão Trigg adota o Cashback e paga para você usar ele

Em vez de oferecer o acúmulo de pontos em programas de fidelidade para trocá-los por produtos ou milhas de passagens aéreas, a empresa trabalha com cashback. Basicamente, você ganha dinheiro, em forma de desconto nas suas faturas, conforme usa o cartão. Quanto mais você usa, maior é o desconto.

Diferentemente do modelo de negócios do Nubank, a Trigg cobra anuidade pelo cartão, que é um Visa Gold Internacional. São 118,90 reais por ano (em bancos, o preço por ano é de cerca de 300 reais). Esse valor, no entanto, pode ser praticamente abatido se o gasto mensal do usuário for de 1.400 reais. Nesse caso, o valor restituído seria de 117,60 reais.

Se o valor médio por ano for mais alto do que esse valor, o consumidor vai ganhar dinheiro no balanço financeiro do ano. Apenas os gastos mensais maiores ou iguais a 5 mil reais dão o máximo de retorno, 1,3%. O site da Trigg tem uma calculadora que permite saber quanto dinheiro será restituído de acordo com o gasto no cartão. Por isso, esse cartão é voltado para quem coloca a maioria das despesas no crédito, e não em quem usa o recurso apenas quando já não tem dinheiro na conta para pagar no débito.

Assim como o Nubank, a Trigg se define como uma fintech, ou seja, uma empresa de tecnologia que atua no setor financeiro. Por isso, tudo pode ser feito via aplicativos de smartphones Android e iPhones. Quer solicitar um cartão? Você terá que fazer isso pelo próprio app. E não é preciso esperar o cartão físico chegar, um número já é gerado para que você possa começar a usá-lo. 

EXAME