Anuidade Zero

Você esta cansado de todo mês ter que pagar aquela taxa enjoada no seu cartão de crédito? Faça como eu… Pra que pagar anuidade se existem vários cartões que não cobram essa taxa. Só paga anuidade de cartão de crédito quem quer.


É so você pensar que qualquer compra que você faz, o comerciante/loja paga uma taxa para utilização do serviço e você ainda também ter que pagar mais uma outra taxa?? É facilidade demais pros bancos. Vamos começar nossa campanha. ANUIDADE ZERO


Alguns cartões listados possuem anuidade, só que eles ofereçem várias vantagens que os demais que cobram não ofereçem. Mas sempre leia com atenção os termos antes de solicitar.



Não achou o cartão desejado? Faça outra busca



Como fazer do cartão de crédito um aliado

Considerado por muitos um risco para a saúde financeira, o cartão de crédito pode sim ser um aliado do orçamento se usado de forma consciente. De acordo com especialistas no assunto, uma das principais vantagens é o controle dos gastos mensais.

“O cartão de crédito pode se tornar um bom recurso porque agrupa as compras em uma só fatura, assim é melhor para acompanhar e visualizar os gastos”, diz o planejador financeiro Leonardo Gazini Facchini.

Segundo Facchini, quem optar por organizar o orçamento com esse recurso, deve ter consciência de que o cartão tem de ser usado somente como forma de pagamento, e não um crédito extra. “Tudo tem de se encaixar no orçamento, o consumidor não deve contar com o crédito maior que sua renda, isso traz o risco do endividamento.”

Quem quer começar a usar o cartão de crédito no dia a dia precisa ter um limite que seja a metade da renda mensal familiar. “Também é bom ter uma poupança de emergência no valor desse limite, para uma eventualidade”, diz o planejador.

Vantagens

De acordo com Carlos Eduardo Cervilieri, especialista em gestão de negócios e professor do Senac Ribeirão, além de encarar o cartão somente como meio de pagamento, o consumidor nunca deve pagar o mínimo da fatura. “Entrar nesse crédito rotativo é muito perigoso.”

Cervilieri também destaca que o uso do cartão de crédito pode ajudar a poupar. “O consumidor pode aplicar o dinheiro que usaria para as compras na poupança, o que traria um rendimento até a chegada da fatura do cartão.”

O especialista também destaca que a aplicação do dinheiro é importante para evitar outros gastos.

O acúmulo de milhas também é uma vantagem do cartão de crédito. “Quanto mais compras, mais pontos para abater gastos futuros com viagens ou até compra de produtos”, diz Cervilieri.

O projetista mecânico Lucas Zana, 27, usa o cartão de crédito para ajudar a organizar o orçamento e destaca as vantagens. “Em compras parceladas é muito bom para o controle.”

Como transformar o cartão de crédito em um aliado

Como transformar o cartão de crédito em um aliado

Fazer autoavaliação é fundamental

Ao observar a data de fechamento da fatura do cartão de crédito, o consumidor também pode ganhar até 35 dias para pagar a fatura e deixar a renda na poupança, segundo Carlos Eduardo Cervilieri, especialista em gestão de negócios. “Em geral, a melhor data de compras é cinco dias antes do vencimento.”

Para o planejador financeiro Leonardo Gazini Facchini, apesar das vantagens, o consumidor deve fazer uma autoavaliação. “É difícil, mas se o consumidor tiver dificuldades em se controlar, não deve optar pelo cartão de crédito.”

por Jornal A Cidade

Itaú lança serviço de compra de dólar pelo cartão de crédito

Cédulas de dólar: novo serviço do Itaú pode ser habilitado mesmo durante a viagem

Cédulas de dólar: novo serviço do Itaú pode ser habilitado mesmo durante a viagem

A partir de agora, correntistas do Itaú poderão comprar dólares americanos, euros e libras esterlinas pelo seu cartão de crédito.

 Segundo o banco, o valor da compra das moedas estrangeiras é descontado diretamente do saldo da conta corrente, ou do limite do rotativo do cartão do cliente.A cotação usada é aquela vigente no momento da operação e é cobrado o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), de 0,38%.

A compra pelo cartão permite que o cliente fixe uma taxa de câmbio com antecedência, evitando, por exemplo, ficar sujeito a arcar com uma taxa maior ao comprar a moeda apenas no momento da viagem.

Comprar a moeda estrangeira com antecedência e em dias diferentes é uma orientação feita por muitos especialistas porque dessa forma é possível comprar a moeda por uma cotação média, evitando o risco de pagar uma cotação mais alta ao fazer o processo de uma só vez.

Ainda que essa mesma vantagem possa ser obtida ao comprar a moeda em espécie, a compra pelo cartão pode trazer mais segurança praticidade.

Outro benefício ainda é a possíbilidade de pagar o IOF de 0,38%, já que ao usar o cartão de crédito no exterior, sem fazer a compra da moeda antecipada, o imposto cobrado sobe para 6,38%.

Mesmo durante a viagem no exterior, se o cliente não tiver previamente adquirido a moeda estrangeira, ele poderá habilitar a nova linha do cartão de crédito e adquirir o valor necessário.

O serviço do Itaú assemelha-se à compra de moeda estrangeira por meio de cartões pré-pagos, que funcionam como cartões de débito, mas com a facilidade de concentrar tudo em um único cartão, no caso o de crédito.

Além disso, segundo o Itaú, o uso do novo serviço para aquisição das moedas conta também com a vantagem de pontuação no programa de recompensas do cartão. Normalmente a compra de moeda via cartões pré-pagos não conta com essa vantagem.

Itaú Travel Money

Outra opção para compra de moedas estrangeiras é o cartão pré-pago Itaú Travel Money, disponível nas bandeiras MasterCard e Visa, ambos na versão Platinum.

Os cartões podem ser carregados com dólar americano, euro ou libra esterlina e também fixam a taxa de câmbio do momento da aquisição ou recarga do cartão. O cliente consegue recarregar o cartão pelo internet banking ou pelo aplicativo do Itaú para celular e tablet.

Fonte: Exame

Aplicativo captura imagem e compensa cheque pelo celular

Recebeu um cheque e não tem tempo de ir ao banco para depositá-lo na conta? Basta baixar um aplicativo, capturar a imagem pelo celular, enviar o arquivo ao banco, e esperar algumas horas até a compensação. Depois, guarde o cheque como recibo ou lembrança da transação.

O serviço existe no Brasil, está em fase avançada de teste, e será lançado ao grande público em 2014. E por que não transformar o bilhete do transporte público em um cartão de crédito pré-pago? O valor carregado pode ser gasto tanto sob a forma de passagens de metrô, trem e ônibus, como no pagamento de lanches ou de pequenas transações.

Os dois “cases” são destaque da revista “Prêmio Relatório Bancário”, coordenada pela agência Cantarino Brasileiro, que será divulgada hoje em São Paulo.

O aplicativo que compensa cheques por imagem é do Bradesco, que disponibilizou o serviço apenas aos clientes da agência Bradesco Next, localizada no Shopping JK (zona sul de SP), e de suas duas agências virtuais. São agências sem endereço físico e que só existem na internet.

Novo aplicativo DO Bradesco permitirá compensar cheque só pela captura da imagem

Novo aplicativo DO Bradesco permitirá compensar cheque só pela captura da imagem

Além de escanear a frente e o verso do cheque, o aplicativo captura o chamado número CMC7, uma espécie de código de barras para cada folha, localizado logo abaixo da assinatura do cliente.

Nos EUA, a regulação permite que essa tecnologia cancele o cheque, impedindo que uma pessoa repasse a mesma folha para pagar um segundo portador. No Brasil, o Banco Central ainda estuda como permitir isso utilizando apenas o arquivo de imagem. Uma das ideias é restringi-lo ao cheque nominal ou atestar a destruição da folha. Até lá, o cheque escaneado ainda precisa chegar ao banco.

Essa tecnologia tem capacidade inclusive para capturar a imagem de cédulas de papel moeda, cancelá-las no Banco Central, e convertê-la em dinheiro na conta do cliente. Os reguladores internacionais, no entanto, relutam em permitir isso devido ao receio quanto à segurança da operação, além da proibição e do custo de destruir cédulas de papel moeda.